Seguidores

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Redenção pelo Amor ( #3 Redenção ) - Nana Pauvolih

No começo de 2017 eu li o livro do Matt, e reli o livro do Arthur, porque conheci e me apaixonei pelo reizinho primeiro. Gostei do Matt, mas ainda assim eu ainda preferia o reizinho, ele era meu favorito. Ai todo mundo me falava que esse seria o melhor, que Antonio era ao melhor.... então, achei
bom , mas não sensacional. Achei enrolado demais, e no final ficou muito mais sexo do que qualquer outra coisa. Mas achei que a Nana arrasou com o ¨amarrar ¨da historia.

No começo achei Antonio um tanto molenga pro meu gosto, e aquela vaca da Ludmila levando a melhor foi o pior pra mim. Ai veio a segunda parte do livro, ai sim comecei a curtir muito. Achei que o coitado do homem dos olhos azuis ja tinha sofrido bastante e merecia sua parcela de felicidade na vida e então torci fervorosamente por ele.

eu achei que Maiana tinha feito Arthur sofrer no Redenção de um Cafajeste, e que Matheus tinha tido la sua dosezinha de angustia com Sophia, mas eu nunca poderia imaginar que o coitado do Antonio sofreria tanto. Lembro de quando tava lendo o Redenção e Submissão, teve uma festa onde o Antonio e a Ludmila aparecem, e os amigos Arthur e Matheus não se conformavam com a pedra de gelo que a mulher de Antonio era, e com como a vida do melhor amigo deles era aquela porcaria ( os dois livros foram resenhados AQUI ) , mas ate então não conhecíamos a historia dele e por tudo o que tinha  passado.

Fiquei ate com pena dele, mesmo achando que muitas vezes ele agiu como um fracote, mas os motivos que o levaram a tomar tal decisão foram de tanta importancia na sua vida e na vida de todos que era de se entender. Antonio se anulou, abriu mão da sua propria felicidade em prol dos outros. Seu irmão que era mais ¨relax¨, cansou de avisa-lo, mas Antonio se sentia culpado por pensar nele e não no seu pai, no seu futuro sogro e nas familias que dependiam dele e da sua empresa pra sobreviver. E então, pensando somente nos outros, ele abre mão de seu grande amor, da única mulher que o fazia ser ele mesmo, pra viver uma vida fria e sem emoção.

Anos se passaram ate que ela cai de novo de paraquedas na vida, e dessa vez ele tem uma certeza que chega a doer. Nunca mais vai deixar Cecilia se afastar dele e de sua vida. E pra isso Antonio passa a lutar com todas as suas forças pra recuperar esse amor, essa paz e esse sentimento que só Cecilia traz para sua vida.

Ludmila foi a vaca mor desse livro, que mulherzinha insuportável, teve bem o que mereceu. Detesto gente ardilosa, má, sem coração, egoísta, benfeito, sofreu ate !!!!!

De uma maneira geral o livro me agradou muito, apesar de ter achado o começo muito enrolado e muito sexo depois, mas afinal 9 anos de distancia deu nisso ne kkkkkkkkkk (OLHA O SPOILLER ) rrss .

Mesmo assim não foi meu mocinho nem meu livro favorito, ainda prefiro o Reizinho metido a besta, mas que caiu de amores pela mocinha simples. Antonio é intenso sim, e fez o par perfeito com a doce Cecilia. E como eu sempre digo, vale muito, mas muito mesmo a leitura, não só desse livro mas da série toda...





Sinopse : www.skoob.com.br 

Filho mais velho de uma família abastada e tradicional do Rio de Janeiro, CEO do Grupo CORPÓREA & VENERE que eu tornei um grande império multinacional na área de cosméticos, produtos de higiene e beleza, sou o que se costuma chamar por aí de um verdadeiro CONTROLADOR. Tenho sempre tudo planejado e não desisto do que me proponho a fazer.

Peguei uma empresa familiar chamada CORPÓREA, da minha família desde o início do século XX, uni a outra igualmente conhecida, a VENERE, da família da minha esposa Ludmila. E transformei tudo em um grupo internacional, sendo eu o Chefão, o HOMEM por trás de tudo. Tenho milhares de funcionários e nada me afasta do caminho que tracei e que estou cumprindo.

Nem um grande amor.

O único e inesquecível amor que tive aos vinte e seis anos de idade.

Cecília Blanc.

A mulher que deixei, por estar fora do meu controle e dos meus planos. A mulher que nunca esqueci. O sorriso que ficou marcado em minha mente a cada vez que acordei nos anos seguintes. O olhar que procurei na multidão a cada vez que saí.

Eu segui em frente e fiz um Império. Eu construí a vida que quis.

Mas nunca a esqueci. Nunca.

E o destino, esse irônico e velho sabotador, a colocou de volta em meu caminho.

Quando tudo parecia perfeito e controlado, eu me vi testado. Eu me vi amando mais do que nunca.

E desesperado.

O que vale mais? Sua família e suas obrigações? Aquilo que você se propõe a fazer?

Ou o amor?

Duas forças poderosas me puxando para lados opostos.

Uma paixão sem limites. Um sonho inesquecível. Uma mulher que mexe com todas as minhas estruturas. Um escravo do meu próprio controle.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Demorou mas chegou !!!!

Hoje foi um dia que o Carteiro me fez muito feliz viu gente kkkkk...

Demorei quase um ano pra ser sorteada num consorcio que participo no me grupo das Malucas Literárias, ai quando sou sorteada, deu um BO danado porque a encomenda foi, voltou, foi de novo e cancelou a entrega kkk.. pensa na minha expectativa.

Então hoje, finalmenteeeeeeee a caixa chegou e me senti abrindo presente de Natal, com sei la, 12 anos rrrss

Delicia da vida de qualquer leitora ;)


Mack Daddy - Penelope Ward

¨Todos nós temos essa única pessoa. Não é necessariamente alguém com quem acabamos. Mas é essa pessoa que, por qualquer razão, entra sob sua pele e fica lá. Você pode seguir em frente, mas partes dele estão sempre com você . As vezes, se as coisas nunca tiveram a chance de se desenvolver, se os sentimentos ainda não estão resolvidos, essa pessoa se torna uma força ainda mais poderosa em sua vida, mesmo na ausência. ¨


Continuando a maratona Penelope Ward, esse era o ultimo ebook que eu tinha dela ( ainda tenho outros em parceria com outros autores que ainda vou ler ), mas só dela esse era o último, e confesso que foi o livro que achei mais fraco. Eu gostei mas não adorei.

Primeiro porque apesar de ter adorado Mack, achei ele meio frouxo por vezes, um homem adulto se sujeitar a um monte de merda.... fala sério. Medo puro.

Mas enfim, agora que já critiquei ele, vamos ao que interessa kkkkk. Em Mack Daddy conhecemos a historia de Mackenzie e Francesca ( adorei esse nome ). Mack e Frankie se conheceram quando eles estavam na faculdade e dividiam o mesmo apartamento, junto com mais um amigo. Frankie tem serios problemas de TOC e fobia total de conhecer pessoas, isso a assusta como nada mais na vida, mas a primeira vez que ela põe os olhos em Mack ela sabe que esta total e completamente perdida.

Mack é o extremo oposto dela, confiante, seguro de si, e quando nem ele nem ela poderiam imaginar que ambos seriam perfeito juntos, é exatamente o que acontece. Mack e Frankie se tornam inseparáveis. Com isso, Frankie passa a aceitar mais seus transtornos e a interagir melhor com as pessoas. É claro que toda essa interação faz com que o inevitável aconteça. Ela se apaixona perdidamente por ele. Mas Mack tem uma namorada e seu pai quer que esse namoro vire casamento, mas quanto mais o tempo passa mais Mack não quer fazer a vontade de seu pai.

Quando Mack toma a decisão de finalmente contar pra sua insuportável namorada que ele não quer mais nenhum compromisso com ela, que se apaixonou pela sua ¨colega de quarto ¨ e que é com ela que ele quer ficar, uma noticia o faz voltar a tras e finalmente fazer a vontade do pai e da namorada.

Frankie fica arrasada, porque ela sabe que ali, perdeu o maior e único amigo, e o amor da sua vida. Diante dessa situação que escolha ela tem, a não ser seguir em frente.

Anos se passaram e de repente ela escuta aquela voz que a assombrou por anos a fio e que ela achou que, apesar de estar no seu coração, nunca mais fosse escutar. Mack esta de volta!!!

Só que Frankie  fez sua vida, se formou, tem um parceiro, e vive uma vida calma e feliz. Mas a chegada de Mack na sua nova vida faz com que tudo, absolutamente tudo mude. Suas estruturas se abalam e ela se vê totalmente perdida pela nova invasão dele na sua vida. Mas Mack está determinado a ter seu grande amor de volta, e esta disposto a tudo ( na verdade ele é frouxo ne gente, então o tudo dele é meio limitado kkkkkk ) , como eu dizia, ele esta disposto a tudo pra ter Frankie de volta.

Como eu escrevi no começo da resenha, achei meio fraca a história e apesar de ter gostado muito do casal, não se tornou meu livro de cabeceira rs, mas como sempre digo, valeu a leitura !!


¨Eu nunca tive sentimentos por alguém que não começou como pura atração física. Com Frankie, era o oposto. Fiquei extremamente atraído por seu cérebro, seu coração, por estar apenas com ela, por como ela me fazia sentir. Então com o passar do tempo, eu comecei e olhar para ela de forma diferente. Eu nem sei exatamente quando isso mudou, mas minha admiração por ela definitivamente se estendeu ao físico. ¨


Compre na Amazon 



Sinopse: www.skoob.com.br 



'Eles o chamavam de Mack Daddy. Não, sério, o nome dele era Mack. 
Diminutivo para Mackenzie. 
Assim, o apelido.
Perfeito certo?
Ele também era perfeito. 
O espécime masculino perfeito. 
Na escola particular onde eu ensinava, Mack Morrison era o único homem em um mar de mulheres. Todo mundo queria um pedaço do pai quente e solteiro de um doce menino. 
Tornei-me uma mulher que não reconheci, alguém cheia de ciúmes, porque não sabiam disso - para mim - ele era muito mais. Eles não sabiam sobre o nosso passado. Ele tinha escolhido minha escola para seu filho de propósito, porque Mack e eu tínhamos um negócio inacabado. 
Como minha amiga, Lorelai, disse com tanta eloquência: "Os negócios inacabados entre duas pessoas que são claramente atraídas uma pela outra são como um caso eterno de tesão." 
E eu estava sofrendo essa dor no meu caso. 
Eu ainda estava intensamente atraída por Mack. 
Tentei resistir a ele, imergindo-me mais em um relacionamento com outra pessoa apenas para proteger meu coração. Sem mencionar, me envolver com um pai era estritamente contra as regras da escola. Mas ver Mack dia após dia estava me desmoronando. 
E logo eu poderia estar quebrando todas as regras.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Amor Imenso - Penelope Ward

¨ A forma como isso foi concebido para ser ¨ ( Nana - avó de Amelia ) 

Continuando a minha maratona de livros da Penelope, finalizei mais um. Depois de ler Sins of Sevin e ficar tão emocionalmente abalada, esse aqui foi fofo, e não fugiu em nada do perfil de livros que ela escreve. Apesar de aqui não ter tido um draminha como os outros todos tem. O afastamento sim, mas o drama não.

Aqui conhecemos Justin e Amélia. Confesso que o começo do livro me fez querer matar o Justin muitas vezes, ta matar talvez seja um pouco de exagero, mas que eu queria estrangular ele o tempo todo, manda-lo a merda cem por cento do tempo, ahhhh isso eu quis muito.

E Amélia, putz essa sim me deu nos nervos boa parte do tempo. Pelo menos na primeira parte do livro. Como ela deixa o Justin trata-la dessa forma, como ele xinga ela do jeito que xinga e ela age como se nada tivesse acontecido, manda ele pra aquele lugar, vira as costas e sai...parece masoquista, credo.

Mas tirando a minha raiva inicial relatada aqui (rs), Justin e Amélia se conhecem desde que eles tem 10/11 anos, e essa amizade começou de maneira inusitada mas, como disse a frase de Nana, estava concebido a ser. Justin é o menino que toda menina quer ter amizade. Protetor, parceiro, engraçado , e Amélia como é muito tímida se vê permanentemente debaixo das asas dele, pra sua total felicidade. Os anos passam e algo acontece pra que Amélia suma da vida dele e tudo o que ela deixou é ódio no coração dele. Até que depois de muitos anos, eles acabam sendo obrigados a se reencontrar e  conviver juntos.

Como dizem por ai, amor é ódio andam páreo um com o outro, todo o ódio que Justin sente por Amélia vem à tona ( é aqui que ele trata ela feito um lixo e ela deixa afff ), mas claro que como toda boa historia de romance, tudo fica muito mais dificil quando tem uma namorada no meio deles, um ex-namorado que causou uma situação permanente na vida dela.

Quando eles finalmente resolvem começar a se entender, deixar as mágoas do passado  no passado, pedir desculpa pelos erros cometidos, ai fica tão florzinha que é de suspirar. E Bee que é uma coisa faz toda diferença nesse desenrosco da vida deles.

Uma das coisas que amei nesse livro, Justin  é musico, e ele escreve letras lindas por toda emoção que ta vivendo. Trás mais emoção à essa linda história .




Sinopse : www.skoob.com.br 

Desde garoto, Justin amava Amelia, que odiava Justin desde que ele se mudou para a casa vizinha à da sua avó, em Rhode Island. Não, nada disso. Amelia também amava Justin, mas um mal-entendido o fez pensar que a garota mais incrível do mundo não correspondia ao seu amor e, pior, o odiava.
Os anos se seguiram, e os dois tomaram caminhos distintos até que o destino – e um empurrãozinho de Nana, avó de Amelia – os reuniu novamente na casa onde se conheceram quando eram adolescentes. Obrigados a compartilhar o mesmo espaço, Justin – que aparece na casa de praia de Nana com a namorada – e Amelia vivem como cão e gato. Orgulhosa, a princípio ela não dá o braço a torcer ao amor que sempre sentiu pelo vizinho e reluta o quanto pode contra os encantos de um Justin, agora, mais
maduro e... muito mais atraente. Será que ambos resistirão à paixão e ao desejo que os incita desde a adolescência?

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Sins of Sevin ( Pecados de Sevin ) - Penelope Ward

¨ As vezes a gente não esquece que as coisas dolorosas, nós apenas aprendemos a viver com elas ¨ 

A primeira coisa que preciso comentar é.... essa capa não faz jus ao que é esse livro. A capa é horrorosa perto da beleza que é a historia de Sevin.

Segundo acho que esse foi o melhor livro da Penelope que li ate hoje. Ela é uma das minhas autoras favoritas, mas esse livro, pelamor, que maravilha de história. Que delicia de leitura. Que sofrimentooooooo, nossinhora, achei que ia ter um colapso, ta até que não chorei muito, mais meus nervos ficavam em frangalhos a cada passagem dos personagens.

A primeira parte do livro é o encontro de Evangeline, Elle e Sevin. Sevin perdeu seu pai aos 20 anos, bem durante um ato não muito ¨bonito ¨que ele e a esposa do reverendo da igreja que frequenta, estavam fazendo durante a missa, seu pai tem um colapso e pimba, cai durinho. Mas as tragédias na vida de Sevin vem bem antes disso. Desde pequeno Sevin não sabe o que é amor de mãe. Criado dentro dos rígidos conceitos da igreja católica, tudo o que Sevin faz é pecado, nada de impuro pode passar pela sua cabeça e nem serem os seus atos, e isso o sufoca.

Apesar dele amar o pai, ele sabe o quão infeliz seu pai estava, e principalmente quão infeliz ele é. Não tem amor por nada e por ninguém, não dá e nem recebe. Então quando Lance aparece na sua vida lhe fazendo uma proposta irrecusável, sem pensar duas vezes, ele deixa pra trás seus meio irmãos e sua madrasta para uma nova vida.

Mudando totalmente de vida, ele muda de cidade, e apesar de Lance e sua familia tambem viverem dentro do aprendizado da Biblia e do que prega a igreja, a familia o acolhe como um membro,e mesmo com todas as restrições que os pais de Elle impõe para Sevin corteja-la, eles se entendem ( o livro não é de época ta, os personagens é que são rrss ) . Sevin precisa fazer tudo certo, ele aceitou as condições, ele ira se casar com Elle, mas o que ele não esperava, é que o destino iria lhe pregar uma peça do tamanho de um bonde.

Sevin conhece e se apaixona, muito, perdidamente, incondicionalmente e arrebatadoramente por Evangeline, E, quando ele descobre que ela é sua cunhada a vida desses dois vira de cabeça pra baixo. O sofrimento deles é tão real que eu sofri como se estivesse ali, vivendo no meio dos dois.

E Sevin. meu pai, que homem sensível, emotivo ao extremo, durante muitas paginas do livro fiquei com tanta raiva do que ele estava passando, que parecia que ele era um parente meu, sofrendo e me contando toda sua angustia rrss ( coisa de louca ).

Achei Elle uma bobinha as vezes, por outros só inocente mesmo. E Evangeline ai ai ai viu, ela eu quis estrangular durante quase metade do livro. Da segunda parte em diante então ( sim o livro é dividido em 2 partes ) Ai a coitada começa a contar tudo o que sofreu, o que teve que passar e voce começa e sentir tanta pena dela, que por vezes a gente esquece toda dor que suas atitudes causaram.

Ainda assim, com certa pena de Evangeline, senti uma simpatia e uma compaixão ímpar por Sevin. Tamanha compaixão que quando o livro terminou, eu queria muito, muito que  a Penelope tivesse escrito mais. Merecia mais uns bons capítulos.

Nossa, agora preciso de um respiro, porque esse livro foi porrada pra mim. Minhas emoções estão abaladas, mas a maratona Penelope Ward continua.

Alguma editora poderia publicar seus livros no Brasil né, eu com certeza teria todos na estante.

Compre na Amazon 




O que acontece quando a única pessoa que você quer é a única que você não pode ter?
Meu nome é Sevin.
Educado em casa e protegido pela minha família ultra religiosa, sempre pensei que luxúria fosse um pecado.
Elle era a garota que foi cuidadosamente escolhida para mim.
Depois de um tempo namorando à distância, eu estaria me mudando para a casa de hóspedes da sua família para que pudéssemos nos conhecer melhor nos meses antes do casamento. 
As regras eram claras: nada de toques inapropriados, nada de beijo, nada de sexo antes do casamento.
Eu tinha aceitado esses limites e o meu destino. 
Até que eu conheci a única com quem eu queria pecar. 
Foi quando as limitações se transformaram em um problema... especialmente porque ELA não era Elle. 
Era a sua irmã, Evangeline.
Você sabe o que dizem sobre as boas intenções. 
Meu nome é Sevin, e eu pequei.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Jake Understood ( Jake #2 ) - Penelope Ward

¨Algumas das coisas mais bonitas são aquelas que só se pode desfrutar de longe. O inatingível torna a atração mai intensa¨

Que lê minhas resenhas sabe que não gosto de POV, e quando gosto o POV precisa ser muito diferente, contar uma nova historia, mesmo que seja a mesma história ( deu pra entender eu acho ne rrss ).

Em Jake Understood, Jake conta a sua versão de como tudo começou com Nina e antes dela. Eu gostei mas não amei.

AQUI É IMPORTANTE QUE VOCE NÃO LEIA SE VOCE NÃO LEU NEM O OUTRO LIVRO DE JAKE E MUITO MENOS MY SKYLAR ...

O livro começa 8 anos a frente de quando termina o Jake Undone, com as resoluções entre eles, depois de tanta sofrência, Nina resolve ¨dar um tempo¨porque Jake deu mancada ( simmm ele pisou na bola ), e é ai que Jake conta sua historia pra Mitch, simmmm o Mitch da Skylar.

Revesando entre passado, que é quando ele ele relembra sua historia com Ivy e Nina, e o presente, que é quando ele conta pra Mitch como tudo aconteceu.

Alguns trechos são bem repetitivos, porque conta tudo de novo o que aconteceu no outro livro, e é isso que eu não gosto. Mas ler a visão de Jake sobre tudo, sobre Nina e seu amor por ela, foi legal. E, ler o antes, o que Jake precisou fazer e fez para que sua vida desse a reviravolta que deu, foi  ¨útil¨, se é que possamos chamar assim rrss.

Agora quando voltamos para o presente, AJ ja tem 8 anos, e novos acontecimentos permeiam a vida de Jake e Nina, ai fica lindo demais o livro.. E o final, foi um espetáculoooooo rs. Jake é tão mas tão apaixonado que apesar da gente saber que Nina o ama, parece que ele a ama muito mais. ... Lindo demais esse casal

¨Substitua o medo do desconhecido por curiosidade ¨ 

Então continuando a maratona Penelope Ward, la vou eu pra mais uma historia nova .

Compre na Amazon 



Sinopse : www.skoob.com.br 

Um outro lado da história: o lado de Jake.
"Teremos um novo companheiro de quarto", disseram eles.
Eu não pensei em nada... até que ela entrou pela porta. Sua mão tremia na minha quando ela olhou para mim com olhos temerosos. Meu mundo inteiro girou sobre seu eixo.
Nina...
Era uma incompatibilidade feita no céu: menina inocente de um lugar remoto vem morar com o tatuado, perfurado e engenheiro badboy.
Eu propus uma aposta, um plano para ensiná-la matemática e orientá-la através de suas fobias. O que eu não estava prevendo era me tornar viciado nela.
Mas eu estava vivendo uma vida dupla nos fins de semana, e, uma vez que ela descobrisse, iria embora.
Eu tinha que me proteger, o que significava uma coisa: eu não podia me apaixonar.
*Em Jake Understood, cenas cruciais de Jake Undone são recontadas do ponto de vista de Jake, combinadas com material novo, tanto do passado quanto do tempo presente, onde Jake Undone parou. Esse romance pode ser lido individualmente, mas se ambos os livros forem lidos, deve-se começar com Jake Undone.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Jake Undone ( Jake #1) - Penelope Ward

E, continuando minha maratona Penelope Ward, aqui conhcecer Jake.
Mas já vou logo deixando claro .. quem não leu Gemini e  My Skylar, e, se voce tem intenção de ler, é melhor não ler essa resenha, porque, mesmo sendo livros independentes, únicos, aqui aparecem os casais desses dois livros, e com suas vidas resolvidas, e as historias desses casais estão contadas nesses dois livros. Então recomendo que pra não ficar mais perdido que cego em tiroteio, leia eles dois, antes de conhecer Jake ;)

Dito isso, agora sim posso começar a contar a historia desse lindo casal, que apesar de todos os ventos irem na direção oposta deles dois, inevitavelmente aquela brisa do fim da tarde, os fez se unirem e ficarem juntos, por ora com sofrimento, mas com tanto amor envolvido que valeu cada
gotinha de dor.

A historia começa 6 anos antes, quando Jake conhece Ivy,  ai o livro adianta 6 anos no tempo, e Ivy s perde. Eu fiquei me perguntando onde teria ido parar Ivy... porém quando Nina chega na vida de Jake, todo o resto é esquecido.

Jake é engraçado, divertido, muito bem humorado, e seu passatempo no começo, é apurrinhar a vida de Nina, só para vê-la corar rrss. è bonitinho. Mas quando ele começa a querer vê-la corar por outros motivos, ai Jake sabe que sua vida esta total e completamente arruinada. Jake tem algumas situações muito mau resolvidas, ou que mesmo resolvidas, ainda assim precisam permanentemente de sua atenção, e ele sabe que nenhuma mulher em sã consciência aceitará essa sua vida. Por isso ele esta sofrendo por querer tanto Nina e ter a absoluta certeza de que ele não pode tê-la.

Claro que o destino prega uma peça gigante neles, deixando um mais do que caído pelo outro, e quando Nina descobre o que Jake tanto tem medo de ser descoberto por ela, tudo vai por agua abaixo.

Jake é um bom homem, e aos olhos dos outros, ele parece um badboy mau carater, mas não é, ele é generoso, e esta tão mas tão infeliz, que quando Nina entra em sua vida, ele sente que há uma luz no fim do túnel. Fiquei com muita pena dele, o fardo que ele carrega é muito pesado.  Mas o final da historia desses dois é lindo de viver. Tão cheio de amor,  apesar de tudo, todos os obstáculos que a vida nos impõe, Jake e Nina encontraram sua luz no fim do túnel, e deram uma chance pra esse amor que cada um carrega em seu coração. Amei !!!

Como eu digo em todas as resenhas de autoras que eu adoro, elas sempre me encantam com suas historias, e Penelope faz aquele draminha, mas nada que nos deixe com o coração apertado. Então bora pra mais um na maratona ;)

Compre na Amazon 



Sinopse : www.skoob.com.br 

Nina Kennedy estava viva... mas não vivendo... até que o conhece.
Aviões, trens, alturas... se fosse possível nomear, Nina o temia, e levava uma vida isolada e governada por medos irracionais e fobias. Quando ela se muda para o Brooklyn para cursar enfermagem, essa vida é virada de cabeça para baixo quando ela desenvolve uma atração intensa, mas não desejada, por seu lindo colega de quarto, que é perfurado,tatuado e só acontece de ser a pessoa mais inteligente que ela já conheceu.
Por trás da aparência dura e sorriso diabólico de Jake Green, há um coração de ouro. Ele torna sua missão mudar a perspectiva de Nina sobre a vida. Quando concorda em tutoria-la, eles fazem um acordo, e as apostas são altas quando Jake obriga Nina a enfrentar seus demônios. Ele simplesmente não esperava se apaixonar por ela no processo.
O que Nina não percebe, porem, é que Jake tem vivido seu próprio inferno privado. Uma vez que ele deixa cair uma bomba, será seu amor vai sobreviver?
Contada em duas partes e dos pontos de vista de Jake e Nina, Jake Undone é uma
história independente e uma companheira para o romance Gemini.